Entre três continentes

As bicicletas  dos viajantes preparam-se para uma nova viagem, mas já lá vamos. Há quase um mês que não pedalam fora de Lisboa. Os viajantes receberam a visita dos sogros pais e deslocaram-se – de comboio desta vez – para o Porto. Revisitaram e guiaram a visita à cidade até ao dia em que alugaram um carro (outra vez!). E foram estes viajantes mais os sogros pais até ao vale do Douro. Por curvas e curvinhas até dizer chega, os visitantes e viajantes foram circulando por Penafiel, Amarante, Vila Real, Vila Nova de Foz Côa e serra de Montemuro, tendo como base um turismo rural em Paços de Gaiolo. Fim da pausa turística e início da pausa preguiça.

De volta a Lisboa, agora em casa dos outros pais sogros dos viajantes. Foi a vez de finalmente levar as bicicletas dos viajantes à revisão na oficina das Cenas a Pedal, onde se entra como cliente e se sai como amigo. A do viajante teve direito a um novo pinhão com 18 dentes e a da viajante a um novo pé que se espera mais estável que o de origem. Após a recolha das bicicletas em Braço de Prata, os viajantes sentiram-se em  “braço de ouro”, tal era a qualidade do trabalho efectuado. Ainda melhor que quando novas, exclamam! Pelo meio, almoços e jantares com amigos e família no centro da capital. Os viajantes estão mesmo preguiçosos e nem saíram de Lisboa. Mas, do mal o menos, ali percorreram dezenas de quilómetros a pé.

A nova viagem vem aí. Os bilhetes (unicamente de ida) já foram comprados. Ontem e hoje andaram os viajantes atarefados a embalar as bicicletas para a longa viagem por três continentes. Dia 25 partem da Europa, dormem hoje ali, amanhã acolá e no dia 27 chegam ao destino. Onde será a nova paragem?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *